Futebol InternacionalMercado da BolaNotíciasResenha
Destaque

Sepak Takraw: futebol como você nunca viu antes

Uma forma única de jogar futebol

Você já ouviu em jogar vôlei com os pés? Dã claro que sim, conhecemos isso como futevôlei. Tá, mas e se a gente disser que existe um outro esporte que segue essa vibe, de um jeito muito mais original e criativo? Pois é, isso existe e se chama Sepak Takraw. Típico do sudeste asiático, essa forma de jogar futebol é diferente de tudo o que você já viu. Dá só uma olhadinha.

Sepak Takraw

Origens e regras do Sepak Takraw

Lá para os lados da Tailândia e arredores, esse esporte surgiu há mais de 500 anos. Essa é uma combinação incrível entre vôlei, futebol e artes marciais. Basicamente, o lance funciona assim:

  • Duas equipes de até quatro jogadores disputam uma partida com pontuação semelhante ao vôlei. São jogos de até três sets de 21 pontos, podendo ter tie break;
  • Sem usar mãos ou braços, os jogadores precisam passar a bola para o outro lado em no máximo três toques. Matar no peito, jogar de cabeça e outras acrobacias do nosso amado futebol são permitidas;
  • Um mesmo jogador pode executar esses três toques sem passar para o colega. Mas a quadra onde rolam as partidas tem lugares específicos para cada atleta.

Por falar nisto, a quadra é bem parecida com a de badminton, com uma rede que fique a 1,55 metros de altura. No Sepak Takraw cada jogador tem um papel e uma posição definida. Em competições oficiais, feitas por times de três atletas, um assume o papel de secador, enquanto os outros dois protegem a quadra.

Algumas informações bem bacanas

É claro que esse esporte parece super longe de nossa realidade. Afinal, o Brasil é o país do futebol oficial né? Mas como temos atletas incríveis, tanto para fazer a bola rolar quanto em esportes como a capoeira, o Sepak Takraw é praticado por aqui sim. E é claro que isso tudo tem a ver com o tempero a mais colocado no esporte:

  • Como muitos atletas manjam de artes marciais, você vê acrobacias incríveis como cortadas com os pés e saltos mortais;
  • Assim como no vôlei, é permitido bloquear na rede os ataques dos adversários. No entanto, é preciso fazer isso com muito mais estratégia e agilidade com chutes;
  • Existem regras que podem resultar em faltas, tipo quando o jogador interno levanta o pé ou pisa fora das áreas delimitadas. O sacador não deve ultrapassar 15 segundos para chutar, nem movimentar os pés antes de sacar.

Aqui nas terras tupiniquins o esporte chegou pouco antes dos anos 2000. Mas ele já está super organizado, inclusive com um calendário de regras e práticas. Você pode encontrar informações bacanudas a respeito no site da Federação Brasileira de Sepak Trakraw.

Emoção a flor da pele

Curtiu e quer saber mais sobre o esporte? Então dá uma conferida em alguns lances incríveis que rolam durante a partida clicando aqui. Com certeza você vai curtir muito a vibe desse tipo de futebol acrobático, único e envolvente.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo