Notícias
Destaque

São Paulo prepara a volta do futebol, na contramão do mundo.

São Paulo prepara a volta do futebol, na contramão do mundo. Me causa enorme espanto o que está acontecendo em São Paulo e em muitas outras localidades do país. Pressionados por interesses econômicos, políticos e preocupados com a queda de popularidade e aprovação de seus nomes nas pesquisas, governadores e prefeitos em mórbida sintonia vão flexibilizando regras de isolamento apesar de o país registrar na última semana a maior média de mortes provocadas pelo novo coronavírus em todo o mundo. Superando inclusive os Estados Unidos e o Reino Unido, países que contabilizam os maiores números absolutos de mortes no mundo até o momento.

Assim, nesse cenário sem a liderança do governo federal, lembrando que o Ministério da Saúde não tem um ministro titular desde a saída de Nelson Teich em meados de maio, e com mais de mil óbitos diários, o Estado de São Paulo prepara a volta do futebol. São Paulo que também vive dias de recordes de contaminações e óbitos pela covid-19 com mais de 10 mil mortes e cerca de 156 mil casos.

Depois da flexibilização que permitiu a volta do funcionamento do comércio de rua e dos shoppings, a Federação Paulista de Futebol (FPF) realizou videoconferência na última quarta-feira com dirigentes dos 16 clubes que disputam o Campeonato Paulista. Na pauta a retomada da competição e os protocolos para garantir total segurança aos jogadores, comissões técnicas e outros profissionais envolvidos.

São Paulo prepara a volta do futebol
Decisão para a volta do futebol na cidade de São Paulo está nas mãos do prefeito Bruno Covas que esteve reunido com os dirigentes da FPF e dos clubes (Foto: Marcelo Pereira/Prefeitura de São Paulo)

Na oportunidade ficou definida a volta dos treinos já a partir da próxima segunda feira, dia 15. Também ficou combinado que todas as equipes terão de providenciar os testes para a covid-19 para seus atletas, comissão técnica e funcionários. Importante ressaltar que a decisão dos dirigentes do futebol paulista ocorreu no mesmo dia em que o governador João Doria anunciou a ampliação da quarentena na cidade de São Paulo até o dia 28 de junho.

Porém, a decisão final para a retomada do futebol no Estado depende dos prefeitos das cidades que têm clubes participando da Série A1 do Paulistão. Na capital, o prefeito Bruno Covas decidirá após reunião com seus secretários de Esportes Maurício Landim, e da Saúde Edson Aparecido, juntamente com o presidente da FPF Reinaldo Carneiro Bastos, e dos presidentes dos três grandes clubes da cidade: Andrés Sanchez (Corinthians), Maurício Galiotte (Palmeiras) e Carlos Augusto de Barros e Silva (São Paulo).

Com o objetivo de criar uma mediação pré-judicial para que a retomada gradual aos trabalhos seja segura tanto nos aspectos de saúde como jurídicos, também na quinta-feira, aconteceu uma reunião do Sindicato das Associações de Futebol de São Paulo (Sindibol) com o Sindicato dos Atletas Profissionais de São Paulo, o Sindicato dos Treinadores Profissionais de Futebol do Estado de São Paulo, o Sindicato dos Árbitros de Futebol de São Paulo, o Ministério Público do Trabalho, Ministério Público do Estado de São Paulo, o Governo do Estado de São Paulo, a FPF e os 16 clubes.

São Paulo prepara a volta do futebol
Clássico entre Corinthians e Palmeiros marcará a primeira rodada do Paulistão após retomada do futebol na cidade (Foto: César Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

O Paulistão foi paralisado no dia 16 de março, quando ainda restavam duas rodadas para o fim da primeira fase. Para a conclusão da competição serão necessárias seis datas, sendo duas para a finalização da fase de grupos, uma para as quartas de final, uma para as semifinais e duas para os jogos finais. Lembrando que logo na primeira rodada da retomada haverá o clássico entre Corinthians e Palmeiras na arena de Itaquera. Todos os jogos serão com portões fechados sem a presença de torcedores.

Na Europa a Alemanha foi o primeiro país a permitir a volta do futebol. Nessa semana retornam os jogos na Espanha e, no próximo dia 20, na Itália. Porém, diferentemente do Brasil, a curva de contaminação do novo coronavírus nesses países está na descendente. Infelizmente aqui a retomada acontece no auge da pandemia. Só nos resta torcer para que nada de ruim aconteça para que não tenhamos que voltar atrás no processo de isolamento e das paralisações.

Gostou? Vem muito mais dicas, notícias e palpites por aí! Acompanhe o Futeblog!

Roberto Maia é jornalista, cronista esportivo, editor da revista Qual Viagem e do portal Travelpedia.

Quer colaborar? Entre em contato! 

Conheça os melhores campeonatos de games de futebol que existem aqui!

Veja o que o MessiIbra e o CR7 estão fazendo!

Faça suas apostas no futebol com bônus que dobra o seu depósito e torça para faturar um bom dinheiro nesse final de semana! Fique de olho no Futeblog que sempre vamos te contar os jogos para apostar!

Não perca nossas dicas de viagem no AJanelaLaranja.com

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo