CruzeiroFutebol BrasileiroGamesNotícias
Destaque

Cruzeiro e-sports: veja a trajetória do clube no mundo dos games

Mesmo em uma atual fase de hiato, o time tem atletas de ponta para disputar campeonatos nos games

Bom, o Cruzeiro e-sports acabou. Mas calma, isso não é do jeito que você está pensando. É que em março de 2021 a equipe, que tinha parceria de funcionamento com a empresa que gerencia equipes de e-sports E-flix teve seu contrato rescindido com os caras.

Só que embora esse rompimento tenha pegado o clube de surpresa, eles já anunciaram que vão continuar no mundo do e-sports em outro formato. E enquanto isso não acontece, saiba um pouco mais sobre a história desses atletas a seguir.

A história do Cruzeiro E-sports

Em setembro de 2019, o clube seguiu o exemplo de outros times e criou uma equipe dedicada ao mundo dos games. Assim nasceu o Cruzeiro E-sports, focado para disputar as modalidades da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) e Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL). Além disso, os caras já estavam se preparando para entrar nos torneios oficiais da EA Sports da FIFA.

Assim, seguindo um cronograma de competições super importantes nos dois primeiros games, os atletas do clube se destacaram de várias formas. Entre os feitos do Cruzeiro E-sports durante esse período se destacam por exemplo:

  • Primeiro lugar na competição Play in Free Fire Continental Series de 2020;
  • Oitavo lugar na Liga Brasileira de Free Fire;
  • Nono lugar no campeonato do Alok Season 1 de 2020;
  • Por fim, sétima colocação em sua primeira entrada na CBLOL. Mesmo dando tudo de si, os caras ficaram fora dos playoffs com essa classificação.

Pois é, no LOL a sorte acabou não sorrindo para os caras. Por outro lado, o Cruzeiro E-sports já estava sendo considerado um dos maiores nomes do Free Fire do cenário competitivo nacional. Mas ok, já que o clube deu sinal verde para continuar no cenário dos games, há perspectivas bastante positivas para o futuro.

cruzeiro e-sports

A equipe de jogadores que representou o Cruzeiro nos games

Como ainda não tinha entrado oficialmente para as competições de FIFA, o Cruzeiro E-sports tinha equipes dedicadas a FF e LOL. A divisão era a seguinte:

No Free Fire

  • Frederico Marcon, o Cebolinha;
  • Igor Modesto, o Igzinn;
  • Vitor Araújo, o Hórus;
  • Patrick Alexandre, o Nativa;
  • Luís Fábio Jr., o TREMBB;
  • Vitor Ribeiro, o Vittin;
  • Por fim como treinador, Daniel Lira, o Dogblack.

No League of Legends – equipe principal

  • St1ng como Jungler;
  • Piloto e NOsFERUS, os dois como Mid Laner;
  • O português Truklax como Top Laner;
  • pbO como Ad Carry;
  • Hawk como support;
  • Poli7ico como técnico.

No League of Legends – equipe academy

  • Reversed como Top Laner;
  • Sephis e Small, ambos como Jungler;
  • Ari como Mid Laner;
  • Drop e Raiden, ambos como Ad Carry;
  • Lawi como suporte;
  • Sand como técnico.

Além dessa galera, o Cruzeiro E-sports contou ainda com três influenciadores: Sechs e Apelapato em Free Fire e Gui Gonzaga no FIFA 21.

No momento a equipe está fora das competições dos três games. Mas ao que tudo indica, é só uma questão de tempo até o Cruzeiro E-sports se reformular e voltar com tudo para o cenário competitivo.

Veja também!

Os recordes insanos do FIFA

Os times brasileiros de e-sports!

https://futeblog.com.br/ganhar-dinheiro-jogando-fifa/

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo