Futebol InternacionalNotícias
Destaque

Os melhores anos da Seleção Espanhola de Futebol

Os craques espanhóis que formaram a lendária Fúria em 2010.

Há quase um século nasceu a Seleção Espanhola de Futebol e, desde então, os amantes do futebol viram como ela participou de 14 Copas do Mundo, organizou uma delas e se tornou a melhor equipe do mundo por vários anos consecutivos.

É normal que muitos dos melhores jogadores da Seleção Espanhola de Futebol tenham feito parte desta época, que queremos rever agora para ver qual foi, sem dúvida, a melhor fase que a Espanha viveu ao nível do futebol desde que aprendemos a chutar uma bola. Tudo começou em 2008.

Selecao-Espanhola

Seleção Espanhola de Futebol: O inicio da Fúria.

Euro 2008 Áustria – Suíça: o início da lenda do Vermelho

Esta foi a segunda vez na história que um Campeonato da Europa se realizou em dois países em conjunto, e a primeira que se realizou em ambos. Realizou-se uma pré-eliminatória, onde a Inglaterra surpreendeu ao não conseguir o passe e ficar de fora da competição. A Seleção da Espanha teve que disputar a primeira fase do Campeonato Europeu com a Rússia, Suécia e Grécia. Não foi muito fácil, pois empatou um dos jogos com a Suécia e perdeu outro com a Grécia. Embora no final tenha sido classificado como o primeiro do grupo.

Nas quartas-de-final ele teve que enfrentar a Itália, da qual não tínhamos boas lembranças. O jogo foi para os pênaltis e o passe para as semifinais, onde nos encontramos novamente contra a Rússia. Uma vantagem de 3 a 0 começou a sonhar com a façanha, depois de quebrar a “maldição dos quartos” e chegar à final, que deveria ser disputada contra a Alemanha.

Mas foi vencido. Um gol de Fernando Torres transformou a Espanha em campeã, em primeiro lugar no ranking da FIFA pela primeira vez em sua história e no início de uma era gloriosa.

Selecao-Espanhola

Pegue aqui seu bônus para apostar na Betano aqui.

A Copa do Mundo na África do Sul: La Roja continua imparável

A Seleção Espanhola de Futebol continuou a ser a primeira equipe e chegou como uma das favoritas em 2010 para vencer o Campeonato Mundial. Foi a primeira vez que se jogou na África e parecia que tudo poderia acontecer.

E cara, ele fez isso! A seleção holandesa (bem, na verdade a seleção holandesa, que é como sempre foi chamada) foi o adversário a vencer na final, que não foi fácil de alcançar. Estávamos no grupo H, não muito complicado em princípio, mas a Suíça e o Chile não eram o que dizem ser rivais acessíveis. Depois Portugal nas oitavas de final, Paraguai nas quartas e novamente Alemanha nas semifinais terminaram com o mesmo resultado, um 1 a 0 que valeu a pena passar. A final foi prorrogada e, após um jogo muito longo e cheio de erros de arbitragem, a Espanha voltou a vencer, sendo a primeira seleção da Europa a vencer uma Copa do Mundo fora do continente.

Aposte na seleção espanhola!

2012: Espanha faz história novamente

Nenhuma equipe havia conseguido vencer 3 campeonatos internacionais consecutivos, então o desafio era enorme. Ficou claro que La Roja era o rival que todos queriam bater, embora também algumas das equipes entraram em campo com um pouco de medo e o grupo de azarões. A pressão era máxima.

Ele fez parte do grupo C com Itália, Irlanda e Croácia. Rivais nada fáceis, como se pode verificar nas dificuldades que a equipe teve para chegar às quartas de final.

Depois de derrotar a França e cobrar pênaltis contra Portugal na semifinal, eles se enfrentaram novamente contra a Itália na última partida. Um retumbante 4-0 tornou a Espanha uma lenda. Ele alcançou um nível que nenhuma seleção nacional jamais alcançou.

Copa do Mundo de 2014 no Brasil: o sonho acabou

Se conseguir um trigêmeo consecutivo parecia difícil, fazer um duplo em ambas as competições só poderia ser descrito como um milagre. Mas a Espanha manteve a ilusão. Uma ilusão que desapareceu no primeiro jogo.

La Roja perdeu para a Holanda por 1-5, prevendo o que iria acontecer. Não fomos além da fase de grupos e foi a Alemanha que pegou a batuta, depois de vencer a seleção argentina na final.

Dois anos depois, em 2016, chegamos às oitavas de final, mas a Itália nos despertou do sonho de ganhar três Euro Copas consecutivas. Os melhores anos da seleção espanhola acabaram, embora continuemos a ser uma potência do futebol, com estrelas nacionais que atuam em alguns dos melhores clubes do mundo e jogadores internacionais que atuam em nossa liga, uma das mais poderosas.

O amor pelo futebol na Espanha sempre foi máximo. Mas desde que nos tornamos campeões mundiais, e depois viramos lendas por conquistar o que ninguém jamais alcançou, é ainda maior. Algo que no bubble football gostamos de recordar e desfrutar, seja numa bolha insuflável ou nos empolgando com um bom jogo da seleção nacional.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Eu Aceito a Política de Privacidade

Botão Voltar ao topo