Futebol FemininoNotícias

Pia Sundhage, a técnica da Seleção Feminina Brasileira

A sueca tem um currículo de dar inveja!

Após mais um revés da Seleção Brasileira de Futebol Feminino em Copas do Mundo, o técnico Vadão deixou o cargo. No lugar dele, a experiente sueca Pia Sundhage.

“Isso vai ser divertido, eu prometo!” Essa foi a frase utilizada por Pia Sundhage, a nova treinadora da Seleção Brasileira de futebol feminino durante sua apresentação na Brasil Futebol Expo, a maior feira de Futebol das Américas.

pia-sundhage

Pia foi apresentada como a nova treinadora da Seleção Brasileira de Futebol Feminino, logo após a eliminação brasileira na Copa do Mundo de 2019. A sueca tem um histórico vencedor e chegou para somar!

Aqui, no Futeblog, a gente te conta quem é Pia Sundhage. O que podemos esperar da Seleção Brasileira para 2020 e toda a expectativa para os Jogos Olímpicos.

Conheça Pia Sundhage

Pia Sundhage é uma ex jogadora da Suécia, já tendo passada por diversos clubes como jogadora e treinadora, e por três seleções.

Na seleção dos Estados Unidos, Pia Sundhage foi campeã dos Jogos Olímpicos em Pequim 2008 e em Londres 2012. Ainda pela Seleção Americana ela também conquistou uma medalha de prata na Copa do Mundo de Futebol Feminino em 2011.

pia-sundhage

Pela Suécia ela tomou o controle em 2012, chegando até a final dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro em 2016. Porém, perdeu a final para a Alemanha por 2 a 1 e assim conquistando a medalha de prata.

Já na seleção brasileira, Pia Sundhage já entra fazendo história por ser a primeira treinadora estrangeira a assumir o comando da amarelinha. Durante seu pouco tempo treinando a seleção, já conquistou o 2º lugar no Torneio Internacional da China, sendo derrotada pelas donas da casa, nos pênaltis.

Logo na sua entrevista inicial a treinadora já disse:

“Estou muito orgulhosa e feliz por olhar ao meu redor e sentir futebol. E eu adoro isto. Acompanhei a seleção na Copa do Mundo. Estou assumindo um excelente time. Eu fico muito empolgada em ver o Brasil”.

Início histórico

Logo na primeira partida da seleção sob o comando de Pia Sundhage contra a Inglaterra, o Brasil já começou fazendo história!

A seleção brasileira de futebol feminino nunca antes havia vencido a Inglaterra, e logo no primeiro jogo de Pia Sundhage, o Brasil venceu por 2 a 1 e conquistou uma bela vitória. Os dois gols da partida foram marcados por Debinha.

Essa foi apenas a primeira partida sob o comando da nova técnica, mas o bom desempenho da seleção durante a partida já foi um bom indício.

Os primeiros 4 meses de Pia Sundhage

Há 4 meses no comando da Seleção brasileira, Pia segue invicto, sem perder nenhum jogo. Porém, desde que assumiu a equipe, já deixou escapar dois campeonatos nos pênaltis.

O primeiro, foi o Torneio Internacional de Futebol Feminino de São Paulo, em setembro, contra o Chile. O segundo, e mais recente, foi o Torneio Amistoso Internacional da China, após empatar a partida em 0 a 0 no tempo regulamentar, perdemos, novamente nos pênaltis.

Porém, apesar da atuação apática contra a seleção chinesa, as brasileiras fizeram uma ótima partida contra o Canadá, no primeiro confronto do Torneio da China, vencendo pelo placar de 4 a 0.

Desafio pela frente

O primeiro grande desafio da equipe de Pia Sundhage, certamente, são os Jogos Olímpicos de 2020, onde a própria treinadora diz que a medalha de ouro é sim uma possibilidade, porém não poderá ser alcançada sem muito trabalho duro.

Técnica da Seleção Brasileira

A treinadora também admite a necessidade de mudanças, desde que não sejam muito radicais, o ideal é encontrar um equilíbrio entre ambos, de que a confiança na seleção possa se manter.

Tendo experiências nas seleções dos Estados Unidos e da Suécia, ela deixa claro que irá focar em seu trabalho para que a seleção brasileira possua a atitude da seleção americana e a organização da seleção sueca.

“…no final das contas é a equipe inteira que conta”

Pia tem um grande desafio nas mãos, mas o bom relacionamento com Marta, a principal jogadora da Seleção, e também com toda a equipe, já é um grande diferencial.

A expectativa para os Jogos Olímpicos é alta, e a esperança é de que Pia Sundhage, a nova treinadora da Seleção Brasileira de Futebol Feminino, consiga corresponder à altura! E, finalmente, colocar a Seleção Feminina em outro patamar!

Quer saber tudo sobre a Seleção Brasileira de Futebol Feminino? Então, segue ligado no Futeblog que te contamos tudo por aqui!

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo