BrasileiroCampeonatoFutebol BrasileiroNotíciasResenha
Destaque

Confira os times com troca de técnicos no Brasileirão

Uma verdadeira dança das cadeiras já rolou no Campeonato Brasileiro

A troca de técnicos no Brasileirão é uma realidade. O primeiro turno do Campeonato Brasileiro chegou ao fim com muitas trocas mudanças, o que não é nenhuma novidade. Por outro lado, a alta rotatividade surpreende um pouco pois, nesta temporada, foi criado um mecanismo justamente para evitar isso.

troca de técnicos Brasileirão

O Brasileirão começou em maio com a promessa de acabar com a “dança das cadeiras” dos treinadores. Uma regra estipulada pela CBF, juntamente com a maioria dos clubes, determinou que cada equipe poderia ter até dois comandantes durante o campeonato.

Assim, o time poderia realizar, no máximo, uma troca de técnicos no Brasileirão. No entanto, a regra deixou uma brecha e as agremiações souberam se aproveitar disso. Nessa contagem de limitação de treinadores, ficariam de fora os técnicos que se demitissem. Ou seja, o que vimos até agora foi uma chuva de pedidos de demissão. Dessa forma, os clubes permanecem trocando de técnicos a cada sequência ruim de resultados.

Então, até agora, entre os clubes da Série A, foram 28 trocas de técnicos ao longo da temporada, incluindo os estaduais. No primeiro turno do Brasileirão, foram 12 trocas. Confira abaixo a lista dos clubes que já estão com técnicos diferentes após pouco mais de 3 meses do início do campeonato.

As trocas de técnicos no primeiro turno da Série A do Brasileirão

  • Athletico-PR: o português António Oliveira deixou o cargo e o clube ainda procura substituto;
  • América-MG: após começo ruim na Série A, Lisca deixou o clube dando lugar a Vagner Mancini;
  • Bahia: Dado Cavalcanti deixou o clube no final de agosto, dando lugar ao argentino Diego Dabove;
  • Ceará: mesmo com uma campanha razoável, Guto Ferreira saiu do clube e Tiago Nunes assumiu;
  • Chapecoense: lanterna da Série A, a Chape já trocou 3 vezes de técnico neste ano. No Brasileirão, Jair Ventura saiu para a chegada de Pintado;
  • Cuiabá: esse caso pode ser considerado um recorde, pois Alberto Valentim foi demitido após a primeira rodada do campeonato. Assim, mais de um mês depois, Jorginho foi anunciado;
  • Flamengo: começo irregular custou a saída de Rogério Ceni e chegada de Renato Gaúcho;
  • Fluminense: Roger Machado deixou o clube em agosto e Marcão entrou em seu lugar;
  • Grêmio: após começo promissor, mas derrotas na sequência, Tiago Nunes deixou o clube. Dessa forma, Felipão chegou com a missão de livrar o tricolor do rebaixamento;
  • Internacional: o espanhol Ramirez deixou o clube para a chegada do uruguaio Diego Aguirre;
  • Santos: a campanha irregular custou a saída de Fernando Diniz e a contratação de Fábio Carille;
  • Sport: por fim, ameaçado de rebaixamento, Umberto Louzer saiu para a chegada do paraguaio Gustavo Florentín.

Série B também está movimentada 

A Série B 2021 tem a mesma regra da Série A em relação às limitações de trocas de técnicos no Brasileirão. Porém, isso também não impediu que o primeiro turno fosse movimentado nesse sentido.

Abaixo, 7 times que já trocaram de técnico nessa Série B:

  • Vasco: Marcelo Cabo começou a Série B, mas não resistiu à má campanha. Depois, chegou Lisca e, por último, Fernando Diniz;
  • Botafogo: Marcelo Chamusca saiu para a chegada de Enderson Moreira;
  • Cruzeiro: a equipe mineira começou a Série B com Felipe Conceição, depois contratou Mozart, mas também não deu certo. Por último, confirmou Vanderlei Luxemburgo;
  • Remo: começou a Série B com Paulo Bonamigo e, agora, está com Felipe Conceição;
  • Náutico: Hélio dos Anjos saiu para a entrada de Marcelo Chamusca;
  • Goiás: Pintado foi demitido para a chegada de Marcelo Cabo;
  • Vitória: a equipe baiana iniciou com Rodrigo Chagas. Depois, apostou em Ramon Menezes e, agora, está sob o comando de Wagner Lopes.

Veja em quem iremos apostar no segundo turno do Brasileirão

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo