ResenhaFutebol BrasileiroFutebol InternacionalNotícias
Destaque

As expulsões mais bizarras do futebol

Punições que entraram para a história pela sua maluquice

No artigo de hoje vamos mostrar as expulsões mais bizarras do futebol. O cartão vermelho é a punição máxima que o árbitro pode aplicar a um atleta dentro de campo. Dessa forma, ao mesmo tempo, isso gera muita confusão.

Mas no mundo do futebol não faltam lances bem “estranhos”, que resultaram em expulsões muito malucas. Muitas vezes são punições injustas e até engraçadas. Assim, confira a seguir as expulsões mais bizarras do futebol.

expulsões mais bizarras do futebol

 

André Luís na época de Botafogo teve uma das expulsões mais bizarras no futebol

O zagueirão André Luís jogava no Botafogo em 2008 quando protagonizou umas das expulsões mais bizarras do futebol. Em uma partida pela Libertadores, Botafogo e Estudiantes empatavam em 2 a 2. O jogo já estava no segundo tempo quando o árbitro aplicou um cartão amarelo para André Luís, que resultaria em expulsão. Só que o zagueiro se revoltou, foi para cima do árbitro e arrancou o cartão da mão dele. Assim, claro, o juiz aplicou o cartão vermelho direto.

Árbitro tenta agredir jogador: UFC no campo de futebol

Esse é, talvez, uma das três expulsões mais bizarras do futebol. O lance aconteceu em 2018 e envolve um brasileiro. Pelo Campeonato Francês daquele ano, o Nantes, do brasileiro Diego Carlos, enfrentava o PSG. Em um lance de certa forma não tão raro assim, Diego, tropeçou no árbitro sem querer, que caiu no gramado.

Mas esse lance gerou duas reações do juizão: um cartão vermelho para Diego Carlos e um revide do árbitro. É isso mesmo, o juiz tentou derrubar com um pontapé o jogador, ainda quando estava caído no gramado. Assim, em seguida, o árbitro foi suspenso por três meses.

1xBet

Neymar protagonizou outra das expulsões mais bizarras do futebol

Em 2011, Neymar estava surgindo no mundo do futebol, atuando pelo Santos. Em um jogo pela Libertadores, contra o Colo-Colo, o menino Ney levou um cartão amarelo. Assim, ele ficou pendurado, mas, até aqui, tudo normal. Nesse jogo, a torcida do Santos distribuiu milhares de máscaras com o rosto de Neymar. Assim, o craque marcou um gol e foi comemorar com a torcida. Ele e outros jogadores pegaram algumas máscaras e as colocaram.

O árbitro, por incrível que pareça, resolveu dar cartão amarelo para Neymar, o que resultou na expulsão do atacante. Só que os outros jogadores que usaram as máscaras não receberam cartão. Assim, Neymar foi expulso por usar uma máscara dele mesmo após fazer um gol.

Expulso por tirar o calção: um lance super inusitado

Agora vamos para o futebol Tailandês. Em 2013, o Muang Thong United venceu o TOT por 2 a 1. O gol da vitória saiu pelos pés do meia Mario Durovski, que já tinha um cartão amarelo. Dessa forma, ele se empolgou muito, digamos assim. Na comemoração, o jogador tirou o calção e o colocou na cabeça, comemorando só de cueca na frente da torcida. O juizão, claro, deu o segundo amarelo e Mario foi expulso.

Comemoração imitando uma metralhadora: uma expulsão polêmica

Realmente as comemorações de gol originam as expulsões mais bizarras do futebol. Em 2012, Tijuana e Toluca se enfrentavam pelo Campeonato Mexicano. Riascos, do Tijuana, marcou um gol e foi comemorar com os companheiros. Na comemoração, o colega de time Fidel Martinez simulou o uso de uma metralhadora para “atirar” em Riascos. Assim, o árbitro não gostou nada da comemoração de gol e deu cartão vermelho para Martinez. Mas, após muita reclamação, o juizão voltou atrás.

Xingar a própria torcida também resultou em uma das expulsões mais bizarras do futebol

Em 2015, pelo Campeonato Gaúcho, o Internacional estava enfrentando o Ypiranga de Erechim. Muito vaiado durante a partida, o lateral Fabrício, do Internacional, perdeu a paciência. Dessa forma, em um determinado lance na lateral do campo, ele deixou a bola de lado, se virou para a torcida e começou fazer gestos obscenos. Assim, o árbitro expulsou o jogador. Mas ele continuou revoltado e precisou ser contido pelos companheiros e seguranças do clube. Depois do episódio, Fabrício deixou o Internacional.

Gostou da matéria?

Nos conte do que mais você quer saber e ler por aqui!

Veja mais impactos da guerra no futebol nesse link abaixo.

Os jogadores que estavam na Russia e podem reforçar seu time.

Siga o Futeblog no Instagram! @futeblogfc

Aprenda a técnica do Over 1,5 com recuperação no Over 0,5.

Veja aqui se o seu time está na mira do grupo City! Eles querem comprar um time no Brasil

Veja quem são os maiores cobradores de falta de todos os tempos, aqui ó!

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Eu Aceito a Política de Privacidade

Botão Voltar ao topo