Futebol InternacionalNotíciasOpiniãoPalpites
Destaque

O retorno do público aos estádios

Depois de um ano de saudades, aos poucos o público está conseguindo voltar aos estádios para ver seus times jogarem

Pois é, finalmente agora em 2021 está rolando o retorno do público aos estádios. No ano passado a pandemia fez com que o futebol fosse paralisado no mundo todo. Aos poucos, os jogos voltaram, mas o público não.

Ainda em 2020, antes mesmo do início da vacinação, o futebol voltou na maior parte do mundo. Na Europa, as competições voltaram no final do primeiro semestre. Mas isso sem público e com protocolos rígidos sanitários e de testagem.

O ano de 2021 começou com a aceleração da vacinação no continente europeu. Por isso, aos poucos, a torcida está retornando aos estádios. A última edição da Champions League foi o grande teste para o retorno do público. Aos poucos, o futebol na Europa vai voltando ao normal.

retorno do público aos estádios

Retorno do público aos estádios e experiência de sucesso na Champions

A final da Champions League entre Manchester City e Chelsea, em maio, foi o primeiro grande evento a receber milhares de pessoas. A partida única ocorreu em Portugal, justamente porque o país apresentava as melhores condições sanitárias.

No total 14.110 pessoas estiveram presentes no Estádio do Dragão. Como a final foi entre times ingleses, a grande maioria dos torcedores veio da Inglaterra.

Assim, o fato da galera se deslocar de um país para outro exigiu um maior cuidado por parte das autoridades. Os seguintes protocolos foram exigidos:

  • Os torcedores precisaram mostrar testes negativos já no embarque para Portugal;
  • Para entrar no estádio, todas as pessoas, incluindo jornalistas e convidados, precisaram comprovar novamente que não estavam contaminados;
  • Foi preciso mostrar um exame PCR negativo feito em, no máximo, 4 dias antes da partida;
  • Testes rápidos de antígenos de até dois dias antes do jogo também foram aceitos.

A partida transcorreu de forma tranquila e não houve surto de Covid-19 após o jogo. A experiência, assim, foi considerada um sucesso. Por isso, a partir da Champios, a Europa começou a pensar no retorno do público aos estádios em outras competições.

Retorno do público aos estádios na Eurocopa e protocolos rígidos

A Eurocopa começou na metade de junho com público nos estádios desde o primeiro jogo. A partida inaugural, em Roma, terminou com a vitória da Itália encima da Turquia, por 3 a 0. Mas o destaque ficou para as arquibancadas. Cerca de 12 mil torcedores assistiram a partida no Estádio Olímpico de Roma.

Todos os estádios da Euro receberam uma determinada quantia de público, dependendo das condições sanitárias de cada país. Ainda assim, vários protocolos foram seguidos. A vacinação avançada também foi um fator determinante. No início da Euro, por exemplo, o Reino Unido já tinha quase 80% da população vacinada com uma dose e mais de 50% com as duas doses.

Confira as exigências para assistir um jogo da Eurocopa:

  • Há uma orientação para o uso de máscaras dentro do perímetro da UEFA, mesmo em lugares que já desobrigam sua utilização;
  • Os residentes no local da partida precisam apresentar um comprovante de imunização, ou seja, sem vacina não entra no estádio;
  • Os turistas precisam apresentar um teste negativo de Covid-19 feito até 72 horas antes do jogo, no máximo;

No Brasil, essa perspectiva ainda está distante

No Brasil, apesar das seguidas tentativas e movimentos de alguns clubes, não há previsão do retorno do público aos estádios. Isso não deve acontecer em 2021. Afinal, o alto número de mortes, alta taxa de infecção e ritmo lento na vacinação sãos os motivos que tornam inviável a volta dos torcedores. Mas de qualquer forma, a gente segue torcendo mesmo a distância.

Conheça a história do Villareal até a conquista da Liga Europa!

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo