Futebol InternacionalNotíciasOpinião
Destaque

História do Villarreal: do início a improvável conquista da Liga Europa

Veja a emocionante trajetória do Submarino Amarelo até hoje

Bora falar da história do Villareal? Na última final, a conquista da equipe surpreendeu a Europa. O time faturou, pela primeira vez, o título da Liga Europa. Mas é claro que a conquista teve muita emoção. Diante do poderoso Manchester United, o empate em 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação levou a decisão aos pênaltis.

No tempo normal, o atacante e ídolo Gerard Moreno abriu o placar para o Villarreal. Mas, Cavani empatou para o United. Nos pênaltis, mais emoção. O placar de 11 a 10 para o Villarreal mostrou a eficiência da equipe nas penalidades. Além disso, consagrou o goleiro Rulli, que cobrou um pênalti e ainda defendeu a última cobrança.

Mas você conhece a história do quase centenário Villarreal? Vamos mostrar algumas curiosidades sobre o Submarino Amarelo que conquistou a Europa.

Foto: Divulgação/ Villarreal F.C.

História do Villarreal: porque o apelido do time é Submarino Amarelo?

Como você já deve ter imaginado, Submarino Amarelo faz referência à música Yellow Submarine, dos Beatles, lançada em 1966. O apelido surgiu na temporada de 1967/68, quando o Villarreal disputava uma vaga para a terceira divisão da Espanha.

Segundo o próprio clube, durante uma partida, um grupo de torcedores começou a reproduzir a música Yellow Submarine em um gravador. Enquanto reproduziam a música, os torcedores entoavam a frase “O Villarreal é amarelo”, em alusão a cor do clube. O apelido pegou e até hoje o Villarreal também é o Submarino Amarelo.

A Liga Europa 2020/21 foi a primeira conquista do Villarreal?

Com certeza a conquista da Liga Europa 2020/21 foi o maior título conquistado pelo Villarreal em 98 anos de história. A fundação do time foi em 10 de março de 1923, mas chegou à elite espanhola apenas no final da década de 90.

Até a conquista da Liga Europa, a equipe tinha apenas três títulos, dois deles de uma competição que nem existe mais. Mas em 2003 e 2004, o Villarreal venceu a Taça Intertoto da UEFA. Esse campeonato era disputado entre equipes que não conseguiam vaga para as principais competições organizadas pela UEFA.

Ou seja, era um torneio de pouca relevância, que foi extinto em 2008. Anteriormente, o Villarreal havia vencido a Terceira Divisão da Espanha, lá em 1969/70.

Gerard Moreno: herói e ídolo do Villarreal

O atacante Gerard Moreno marcou sete gols na última Liga Europa e foi peça fundamental para o título do Villarreal. Assim, ele foi um dos artilheiros do campeonato.

O atacante de 29 anos já é ídolo do clube e o que tudo indica vai se tornar o maior goleador da história do Villarreal. Gerard Moreno se formou pelo Villarreal e presença certa na Seleção da Espanha nos últimos anos.

Ele chegou a 30 gols na temporada e alcançou Giuseppe Rossi na lista dos maiores artilheiros do clube. Giuseppe e Gerard, hoje, são os maiores goleadores da história do Villarreal, ambos com 82 gols. Assim, confira os maiores goleadores do time:

  • Gerard Moreno (82 gols);
  • Giuseppe Rossi (82 gols);
  • Diego Forlán (58);
  • Santi Cazorla (57).

Aposte no Villareal na Pinnacle, uma super casa de apostas!

Villarreal leva o nome de cidade mediana da Espanha

O Villarreal está localizado na cidade de mesmo nome, localizada na província de Castelló. A cidade tem uma população um pouco superior a 50 mil habitantes, segundo o último levantamento.

A cidade está localizada a uma hora de carro de Valência e é famosa pela fabricação de cerâmica. Por isso, o clube manda seus jogos no Estádio de La Cerámica. O estádio do Villarreal foi construído em 1923 com capacidade para mais de 23 mil pessoas, ou seja, praticamente metade da cidade.

Brasileiros que atuaram na história do Villarreal

Ao longo da história, vários jogadores brasileiros atuaram pelo Villarreal. Na maioria das vezes, a equipe foi um trampolim para que os brasileiros defendessem equipes maiores da Europa. Atualmente o elenco não conta com nenhum brasileiro, mas o clube já contou com brasileiros conhecidos:

  • Belletti: em 2002, o lateral saiu do São Paulo rumo ao Villarreal, onde atuou por duas temporadas. Mas depois, foi para o Barcelona;
  • Marcos Senna: o volante tinha dupla nacionalidade. Em 2002, saiu do São Caetano para o Villarreal, onde permaneceu por quase 10 temporadas seguidas;
  • Nilmar: o atacante deixou o Internacional, em 2009, rumo ao Villarreal. Assim, ele ficou no time por 3 temporadas;
  • Edmilson: o volante e zagueiro que brilhou na Seleção Brasileira fez o caminho inverso, saindo do Barcelona para o Vllarreal, em 2008;
  • Sonny Anderson: o centroavante natural de Goiás também fez o caminho inverso. Em 2003, ele deixou o Lyon rumo ao Villarreal, já no fim da carreira.

Veja também! O que muda para o Chelsea campeão da Champions League!

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo