FluminenseFutebol BrasileiroNotícias
Destaque

Ronaldinho Gaúcho e a sua melancólica passagem pelo Fluminense

Um período curto e conturbado na vida do atleta

Pois é, bora falar do Ronaldinho Gaúcho no Fluminense. O Mago já integrou importantes clubes ao longo de sua carreira, e o último deles foi esse. Mas a sua passagem foi bem mais curta do que muitos poderiam desejar. Por uma série de fatores, ele vestiu a camiseta da Fluminense durante apenas quatro meses.

Longe do auge, Ronaldinho não marcou um gol e assistência sequer no Fluminense

Em 2015, quando o então jogador de 35 anos deixou o clube mexicano Quetértaro, foi contratado pelo Fluminense. Assim, o time queria acrescentar mais qualidade ao elenco carioca. Mas infelizmente o desempenho dele dentro de campo não chegou nem perto do ideal. E assim, aos poucos o cara foi ficando de fora do grupo principal.

Segundo o site Globo Esporte, Ronaldinho ficou irritado com o fato de o novo técnico Eduardo Baptista decidir colocá-lo no banco de reservas na maioria das partidas. Assim, ele teve cada vez menos vontade de jogar.

Ronaldinho Gaúcho Fluminense
Ronaldinho Gaúcho no Fluminense Foto: Bruno Haddad.

Neste artigo você confere os motivos pelos quais Ronaldinho saiu do Fluminense para se aposentar do futebol.

Café, cigarros e falta de “sono em dia”: ausência de compromisso com vida de atleta

Logo de cara ao chegar no time carioca, Ronaldinho mostrou hábitos incomuns para a vida de atleta. Além disso, o cara tinha um certo distanciamento com os demais jogadores do elenco. Ele já chegava ao clube com o uniforme de treinamento e logo ia embora após o término da atividade, ainda de uniforme.

Isto foi visto pelos dirigentes e pelos demais companheiros de time como uma forma de isolamento de um atleta que não se envolvia nas questões relacionadas ao time.

Segundo reportagem do GE, nos treinos matinais, algumas vezes o meia chegava ao clube bem antes do horário determinado para o restante do elenco. É claro que isso gerava a desconfiança de que não estava com o sono em dia. Além disso, fazia uso frequente de café e cigarros. Quando outros jogadores ainda estavam chegando para algumas atividades, ele já tinha saído.

O comportamento antes da sua última partida pelo Flu foi a gota d’água para a sua saída do clube. No período de concentração do Fla-Flu vencido pelo Rubro-Negro por 3 a 1, o jogador alegou uma inflamação na garganta, o que de fato foi constatado pelos médicos.

Internamente, no entanto, a sensação é de que poderia entrar em campo se fizesse um esforço, que não aconteceu. Até porque R10 sabia que o até então técnico Enderson Moreira já estava decidido a colocá-lo no banco de reservas. Assim, ele saiu do clube de forma melancólica, após apenas 80 dias, sem ter marcado nenhum gol e nem dado assistência a um companheiro de time.

NÚMEROS DE RONALDINHO GAÚCHO NO FLUMINENSE

9 jogos (dois pela Copa do Brasil, sete pelo Campeonato Brasileiro)
5 vitórias (Grêmio, Avaí, Figueirense, Paysandu, Goiás)
1 empate (Grêmio)
3 derrotas (Internacional, Atlético-MG, Ponte Preta)
1 cartão amarelo
0 gols
0 assistências

CRONOLOGIA DE RONALDINHO GAÚCHO NO FLUMINENSE

Anúncio da contratação: 11 de julho de 2015
Apresentação: 19 de julho (Fluminense 1 x 2 Vasco, pelo Campeonato Brasileiro)
Primeiro treino: 27 de julho
Estreia: 1 de agosto (Fluminense 1 x 0 Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro)
Último jogo: 26 de setembro (Fluminense 2 x 0 Goiás, pelo Campeonato Brasileiro)
Saída: 28 de setembro de 2015

Veja também! Os títulos e os melhores momentos do R10, o Bruxo!

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo