Resenha

Como Bater Balãozinho? Aprenda Agora Mesmo

Bater balãozinho, ou como alguns chamam de embaixadinha, pode ser uma tarefa até difícil para alguns, porém hoje estamos aqui para te ajudar a descomplicar um pouco e facilitar o seu dia a dia no futebol. 

Na verdade, o balãozinho não serve somente para o futebol em si, mas também para a melhora da coordenação motora, bem como o treino do equilíbrio e o controle dos pés (afinal, você controlará a bola). 

Por outro lado, o bater balãozinho também é bem divertido. Para aprender a fazer algo não é necessário que tenham vantagens físicas ou mentais. Você pode fazer isso para a sua própria diversão. 

Ter todo o controle de pés, coxas, ombros ou cabeça é uma tarefa árdua e divertida. Quem dança, principalmente freestyle, também usa muito essas dicas e movimentos, assim você tem uma coreografia única e original. 

Todos os jogadores de futebol pensam que tem a obrigação de aprender a bater balãozinho, por ser um clássico da história do futebol. Além disso, podemos usar o balãozinho também no futevôlei. 

Pensando na dificuldade que algumas pessoas têm nessa prática, hoje trouxemos algumas dicas que podem te auxiliar nesse momento, então vamos lá conferir esses conselhos?

Veja também – Sete Piores Lesões do Futebol – Tome Cuidade

Bater-Balaozinho

Aprendendo a Como Bater Balãozinho

Treino sempre é importante para bater balãozinho

O treino sempre será importante em seu dia a dia, afinal a prática leva a perfeição. Você precisa sempre tentar, por mais que seja desestimulante tentar e não conseguir fazer. 

Você não conseguirá bater balãozinho de um dia para o outro. Lembre-se de que o seu esforço e desempenho serão primordiais, então leve a sério. 

Futebol é prática, mentalize que o treino diário será essencial para a sua evolução no domínio da bola, mas não fique para baixo, você terá a sua recompensa no final das contas. 

Coloque a bola na frente do corpo 

Agora que você já entendeu que o treino diário será primordial para você, é hora de pôr a mão na massa. 

Primeiro passo é colocar a bola nas mãos, então posicione a bola na frente do seu corpo, estando na mesma altura que o seu peito e solte a bola, deixando pingar no chão. 

Quando a bola estiver voltando do quique, você vai chutar utilizando o seu pé dominante. O seu chute deve ter um ângulo mais para cima, o que fará atingir a região dos cadarços de sua chuteira. 

Você precisará bater com a força necessária para fazer com que a bola atinja a altura do seu peito. 

Os joelhos devem estar dobrados (de leve) 

Você precisará encontrar formas que manter o equilíbrio da bola, então uma das técnicas mais utilizadas é fazer com que os joelhos se posicionem levemente dobrados, claro sem tirar o olho da bola. 

Você deve ter o equilíbrio da bola sempre que possível, assim o seu balãozinho ficará mais simples de fazer, e com o tempo nem perceberá a dificuldade que tinha antes. 

Sempre que tocar na bola, você deve se reequilibrar, dessa forma manterá o controle dessas manobras. 

A altura da sua barriga é importante 

O seu objetivo é atingir a altura da barriga, e esse equilíbrio você conseguirá com o treino. 

O nosso conselho é que você evite ficar se inclinando ou esticando pé. Sabemos que muitas pessoas fazem isso para tentar alcançar a bola, porém pode ser que isso dificulte ainda mais o seu balãozinho. 

Se dê um tempo 

Para obter uma evolução constante, é necessário ter um aumento gradual. 

Entendemos que alguns de vocês querem evoluir de uma hora para outra, porém isso não é o mais indicado, até porque essas evoluções muito rápidas não resultam em coisas permanentes, e sim temporárias.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo