BrasileiroCampeonatoFutebol Brasileiro
Destaque

Como foi a 22ª rodada do Campeonato Brasileiro

Estreias de treinadores, líder e vice-líder empatando, poucos gols e muitas polêmicas relacionadas ao árbitro de vídeo. Esses foram alguns dos destaques da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, que teve ainda a volta de Rogério Ceni ao Fortaleza.

Confira, a seguir, um resumo do que aconteceu na rodada 22 do Brasileirão 2019!

Flamengo 0 x 0 São Paulo

Poupando alguns titulares para a semifinal da Libertadores, o líder do Brasileirão teve a sequência de vitórias interrompida ao empatar com o Tricolor paulista, que por sua vez estreava o novo técnico, Fernando Diniz.

Em um campo pesado por causa da forte chuva, o que se viu foi muitas faltas e poucas chances de gol. Até teve bola na rede, mas o gol de Daniel Alves foi anulado, após o árbitro apontar o impedimento.

Flamengo x São Paulo

Corinthians 1 x 0 Vasco

O Timão conseguiu reagir depois de ser eliminado pelo Del Valle na semifinal da Sul-americana. Jogando em casa, a equipe de Fábio Carille teve dificuldades para bater o Vasco, com gol de Ralf aos 13 minutos do segundo tempo.

A partida não teve muitas emoções, com o destaque ficando por conta dos três gols anulados pelo VAR. Foram dois do Corinthians e um da equipe carioca.

Inter 1 x 1 Palmeiras

Querendo reduzir a diferença para o líder, o Verdão partiu pra cima do Internacional, mas quem abriu o placar foi o Colorado, com o gol de Patrick, no primeiro tempo. Já na etapa final, William marcou um golaço, empatando a disputa.

E os visitantes até conseguiram a virada, mas o árbitro anulou o gol de Bruno Henrique, devido a um toque no braço de William, no início da jogada. O lance rendeu muitas reclamações por parte do alviverde, que promete pedir explicações à CBF.

Veja mais detalhes do jogo do Internacional aqui!

Internacional empata com Palmeiras

Fluminense 2 x 1 Grêmio

Outro jogo cheio de polêmicas relacionadas ao VAR aconteceu no Maracanã. Após abrir 2 a 0, o Fluzão, comandado pelo interino Marcão, passou sufoco diante do time reserva do Tricolor gaúcho, que diminuiu o placar e ainda teve chance de empatar no final.

Dois lances de toque de mão na área geraram muita reclamação do Grêmio. O juiz checou o VAR em ambos os casos e não marcou pênalti.

Athletico 1 x 1 Chapecoense

Sem maiores pretensões na tabela, o campeão da Copa do Brasil viu a Chape inaugura o marcador no primeiro tempo. Mas a equipe que luta contra o rebaixamento não conseguiu segurar o placar e acabou sofrendo o empate no início do segundo tempo.

Athletico x Chapecoense

Atlético-MG 2 x 1 Ceará

De ressaca após a eliminação na Sul-americana, o Atlético parecia que ia perder de novo no Brasileirão, pois o Vozão abriu o placar após pênalti em Felippe Cardoso. Mas no segundo tempo, a história mudou e, mesmo pressionado pela torcida, o time da casa virou, com gols de Otero e Luan.

Santos 2 x 0 CSA

Ainda de olho na liderança, o Peixe voltou a vencer, diminuindo a diferença para o Flamengo e o Palmeiras. Sem levar maiores sustos, a equipe de Jorge Sampaoli marcou com Sánchez e Sasha, enquanto o time alagoano não conseguiu se impor mesmo jogando os últimos 15 minutos com um jogador a mais, depois da expulsão de Lucas Veríssimo.

Avaí 0 x 2 Bahia

Querendo se manter na briga por uma vaga na Libertadores, o Bahia conquistou uma boa vitória fora de casa. Com gols de Elber e Nino Paraíba, o time de Roger Machado resolveu a parada logo nos primeiros minutos, não dando chances para o adversário.

Do outro lado, a derrota faz o Leão seguir na penúltima colocação, com 16 pontos, se afundando ainda mais na zona de rebaixamento.

Fortaleza 1 x 0 Botafogo

No jogo que marcou a volta de Rogério Ceni ao Fortaleza, o Leão do Pici se recuperou e conseguiu três pontos importantíssimos para se manter longe do Z4. A partida começou agitada, com o gol de Diego Souza para o Glorioso, anulado em seguida.

Já no segundo tempo, mais um gol anulado, dessa vez para o time de casa, com o auxílio do árbitro de vídeo. Aos 15 minutos, outro gol saiu, agora sem qualquer irregularidade: 1 a 0 para o Fortaleza, gol contra de Marcelo Benevenuto.

Goiás 1 x 0 Cruzeiro

Na estreia de Abel Braga no Cruzeiro, o Goiás venceu a terceira seguida no Brasileirão e já está de olho no G6. Time de melhor desempenho no returno, o Esmeraldino fez uma partida inteligente e se aproveitou das falhas cruzeirenses para marcar, com o lateral Alan Ruschell.

Já a Raposa, que teve um gol anulado pelo VAR, marcando impedimento do atacante David, continua na zona de rebaixamento.

André Dias para o Futeblog!

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo