Futebol BrasileiroNotíciasOpinião
Destaque

10 Maiores Goleiros do Brasil

Nossa lista de goleiros que fizeram a história no futebol brasileiro

Preparamos uma lista dos maiores goleiros do Brasil especialmente para você. Esta é, portanto, uma verdadeira seleção de craques que marcaram seus nomes na história. Concorda? Não? Quem faltou? Mande sua lista para nós aqui nos comentários ou no Instagram @FuteblogFC

1 – Taffarel

Desde que vestiu a camiseta como goleiro da Seleção Brasileira, Taffarel despertou olhares de admiração por parte dos torcedores e também o respeito dos colegas de profissão. Pelo Brasil, Taffarel segurou vários pênaltis decisivos. Foi campeão da Copa América por duas vezes, em 1989 e 1997. Assim, segurou a taça de campeão do mundo em 1994, em Pasadena – nos Estados Unidos da América (EUA), e também de vice-campeão, em 1998, na França.

maiores-goleiros-do-brasil

2- Gylmar

Em São Paulo, Gylmar conseguiu a façanha de conquistar tanto a torcida do Corinthians quando a do Santos. Entre os anos 50 e 60, este que é um dos maiores goleiros do Brasil defendeu cada um dos times em mais de 300 partidas cada um. Pelo Santos, foi duas vezes campeão da Copa Libertadores e do campeonato Mundial de Clubes.

Pela Seleção Brasileira, o goleiro subiu ao lugar mais alto do pódio da Copa do Mundo por duas vezes, em 1958 e 1962. Antes de dar adeus gramados, Gylmar foi mais uma vez convocado para disputar a Copa do Mundo de 1969. Porém, nesta ocasião, ele ficou no banco, sendo reserva do goleiro Manga.

maiores-goleiros-do-brasil

3- Manga

Outro dos maiores goleiros do Brasil. Apesar de ter atuado pela Seleção Brasileira apenas 12 vezes, Haílton Corrêa de Arruda, conseguiu conquistar até mesmo um apelido: “Manga”. Pela Seleção, participou da Copa do Mundo de 1966, mas não obteve sucesso, já que a equipe foi desclassificada ainda na fase de grupos. No Brasil, Manga emplacou dois títulos no Campeonato Brasileiro (1975 e 1976), pelo Internacional.

Fez história no Botafogo, com mais de 400 partidas. Já em carreira internacional, defendeu o Nacional, time do Uruguai, por cinco anos. Somou títulos nacionais, uma Libertadores e ainda uma Copa Intercontinental, em 1971.

Manga se despediu dos gramados no começo dos anos 80, quando levantou seu último título pelo Campeonato Equatoriano, com o Barcelona de Guayaquil.

maiores-goleiros-do-brasil

4 – Castilho

Ídolo do Fluminense, Castilho defendeu a equipe carioca por 699 jogos, soma que incluiu o título como campeão do mundo pela Copa Rio, em 1952. Já na Seleção Brasileira, esteve com a equipe em quatro Copas do Mundo, em um total de 29 jogos. Destas ocasiões, foi campeão por duas vezes, porém, Castilho foi escalado como reserva.

maiores-goleiros-do-brasil

5 – Emerson Leão  – maiores goleiros do Brasil

Aí está outro nome que não pode faltar entre os melhores goleiros do Brasil. Nos anos 1970 e 1986, Emerson Leão defendeu a Seleção por aproximadamente 80 vezes.

Na Copa do Mundo de 1970, mesmo atuando como reserva, Leão já deu sorte com a equipe levou o título.

O goleiro recebeu a oportunidade de entrar em campo como titular, na Copa do Mundo de 1974 e 1978. Em clubes nacionais, ergueu a taça do Campeonato Brasileiro por cinco vezes, três dessas pelo Palmeiras.

maiores-goleiros-do-brasil

6 – Marcos

O goleiro Marcos deixou o seu nome gravado na trajetória do Palmeiras, time que defendeu por cerca de 500 jogos. Quando vestiu a camiseta da Seleção Brasileira, Marcos brilhou na Copa do Mundo de 2002. Com a Seleção, ele jogou apenas 29 partidas, mas ainda conquistou um título pela Copa das Confederações e também uma Copa América.

maiores-goleiros-do-brasil

7- Barbosa

A história de Barbosa é um pouco diferente dos demais. A péssima atuação da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1950, fez o atleta despertar a ira dos torcedores. Na época, o peso da derrota foi forte. O Brasil perdeu para o Uruguai em casa (Maracanã), pelo placar de 2 x 1.

Mas antes disto, Barbosa segurou lances espetaculares pelo Vasco da Gama. Assim, ele somou seis títulos de campeão estadual no time, além de um título pelo Campeonato Sul-americano.

maiores-goleiros-do-brasil

8 – Dida – maiores goleiros do Brasil

O goleiro Dida conquistou o coração dos torcedores do Brasil. Rápido e decisivo, defendeu a Seleção na Copa do Mundo, por duas vezes. Na de 2002, levou o título, mas ficou na reserva. Em 2006, ergueu a taça como titular.

No currículo, Dida tem ainda vários títulos pelo Campeonato Brasileiro, dois Mundiais de Clubes da FIFA, Copa Libertadores, Série A Italiana, duas Ligas dos Campeões, Copa América e também Copa das Confederações.

maiores-goleiros-do-brasil

9 – Rogério Ceni

Rogério Ceni é conhecido mundialmente por ser o maior goleiro-artilheiro do futebol. Das vezes em que ser arriscou cobrando pênaltis e faltas, marcou 134 gols. Pela Seleção Brasileira, venceu a Copa do Mundo de 2002, mas como reserva.

O seu clube do coração foi o São Paulo. Assim, com a camiseta da equipe paulista, Rogério Ceni levou o título do Campeonato Brasileiro por três vezes, duas Libertadores e ainda um pelo Campeonato Mundial.

maiores-goleiros-do-brasil

10 – Júlio Cesar – Maiores goleiros do Brasil

A passagem de Júlio Cesar pela Seleção Brasileira foi um pouco conturbada. Ele defendeu o time em pelo menos 64 disputas. Conquistou a Copa América de 2004 e a Copa das Confederações de 2009. O grande ponto negativo na carreira do goleiro aconteceu na Copa do Mundo de 2010.

Com uma equipe desestruturada em campo, em uma partida com a Holanda, Júlio Cesar fez um gol contra. Não bastasse isso, na Copa do Mundo de 2014, o atleta levou sete gols na disputa contra a Alemanha.

Com início da carreira no Flamengo e com passagem pelo Internazionale e também pelo Benfica, o ápice da carreira do atleta ocorreu entre os anos de 2009 e 2010, momento que chegou a ser indicado ao prêmio Bola de Ouro.

maiores-goleiros-do-brasil

Concorda? Não? Quem faltou? Mande sua lista para nós aqui nos comentários ou no Instagram @FuteblogFC

Etiquetas

Artigos relacionados

4 Comentários

    1. Rogério foi maior no SPFC do que o Zetti, mas o Zetti foi melhor, assim como Cássio é maior no Corinthians porém Dida também jogou muito mais

  1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK O FRANGUEIRO DO TAFFAREL NA FRENTE DE GYLMAR!!! O bicampeão mundial, considerado um dos 15 melhores arqueiros da história segundo a FIFA/IFFHS, o maior ídolo do considerado “rei das traves” Lev Yashin atrás de TAFFAREL?!?!?! MEU DEUS! Em sua época, era justamente criticado por ter uns putas de uns frangos bobos constantemente. Uma espécie de Rogério Ceni: frangueiro com lampejos de craque. Ficou famoso pelos gritos eufóricos do Galvão Bueno durante os pênaltis, no que realmente era acima da média. Não foi melhor que Dida, que teve uma carreira extraordinária, principalmente por clubes, imagina Gylmar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo