Atlético MineiroFora do campoFutebol BrasileiroNotíciasOpinião

Por que vencer o Atlético-MG está difícil? O time a ser batido atualmente no Brasil

A equipe tem mostrado um nível de futebol incrível, com vários destaques para isso

Pois é, vencer o Atlético-MG não está fácil. O Galo apresentou mais uma grande contratação para 2021. Trata-se do atacante Diego Costa, de 32 anos, que estava no Atlético de Madrid. Com isso, o elenco do time ganha mais uma estrela do futebol mundial e promete brigar por títulos nesta temporada. E assim, a seguir, listamos alguns motivos que credenciam os caras a brigar por tudo em 2021.

Foto: Divulgação/ Atlético-MG

“O time a ser batido”, frisou Diego Costa na sua apresentação

Diego Costa sempre foi conhecido como um atacante sanguíneo, que se entrega 100% em campo. E isso é verdade. No Atlético de Madrid, foi um dos destaques da equipe por várias temporadas, sempre marcando gols e dando assistências. Junto com o técnico Diego Simione, o jogador era fundamental para a parte anímica do time.

Mesmo com elencos menos caros que os rivais, o Atlético de Madrid sempre brigou de igual para igual com os grandes da Europa. E muito disso por conta do perfil aguerrido de seu principal atacante.

No Atlético-MG, Diego Costa promete ter a mesma disposição de quando atuava na Espanha. Não é à toa que logo na sua apresentação ele já disse que o Galo é o time a ser batido. Além disso, não poupou elogios aos companheiros e clube em geral.

Elenco de galácticos que torna ainda mais difícil vencer o Atlético-MG

Se na Europa falamos que o PSG é o time dos sonhos, no Brasil podemos dizer que esse time é o Atlético-MG. Antes da chegada de Diego Costa, o elenco da equipe mineira já era um dos mais caros do país, com um valor superior a R$500 milhões.

Agora, logicamente, o elenco está muito mais valioso. O Galo também conta com vários estrangeiros caros no time, que acrescentam qualidade ao estilo de jogo proposta pelo técnico Cuca. Assim, entre as principais estrelas do clube, além de Diego Costa, podemos citar:

  • Eduardo Vargas: atacante chileno de 31 anos;
  • Matías Zaracho: meia argentino de 23 anos;
  • Nacho Fernández: meia argentino de 31 anos;
  • Savarino: atacante Venezuelano de 24 anos;
  • Júnior Alonso: zagueiro paraguaio de 28 anos.

Calma, não esquecemos do Hulk

O Hulk merece um capítulo a parte, não é mesmo? O cara está jogando muito e fazendo a diferença para o Galo. O jogador de 35 anos está voando. Além de gols, o craque também é o rei das assistências da equipe. Parece que o paraibano reencontrou seu bom futebol aqui no Brasil. Assim, isso faz dele mais um ingrediente que torna vencer o Atlético-MG uma barra.

Por fim, vencer o Atlético-MG está difícil por causa de seu ótimo técnico

Não adianta ter um elenco cheio de estrelas e não saber administrá-lo. Já vimos isso muitas vezes no futebol. Alguns clubes investem alto, mas não conseguem resultados dentro de campo. No Galo, parece que isso não será problema.

Se tem alguém que conhece o Atlético-MG, esse alguém é o técnico Cuca. O profissional era o técnico da equipe em 2013, quando o Galo conquistou a Libertadores e disputou o mundial. Hoje, o elenco é muito mais caro e com mais destaques comparado ao elenco daquele ano. Assim, Cuca busca a conquista de novos títulos e colocar o Atlético-MG em outro patamar.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo