BrasileiroCampeonatoCruzeiro
Destaque

Abel Braga é o novo técnico do Cruzeiro

Abel Braga é o novo técnico do Cruzeiro, ele foi o escolhido para substituir Rogério Ceni, demitido após o empate contra o Ceará. O novo técnico celeste assinou contrato até o fim de 2020 e chega com o objetivo de tirar a equipe da zona de rebaixamento, além de apaziguar o ambiente, que tem andado tumultuado nas últimas semanas.

Trabalhando pela primeira vez como técnico na Toca da Raposa, o ex-treinador do Flamengo vai encontrar algumas caras conhecidas em sua nova casa, como o meia Thiago Neves e o atacante Fred, além do volante Jadson. Os três foram seus atletas no Fluminense, em épocas diferentes.

Abel Braga é o novo técnico do Cruzeiro

Antes de acertar com Abel,

A diretoria da Raposa tentou contratar Luiz Felipe Scolari, mas o ex-técnico do Palmeiras não aceitou o convite. De acordo com Itair Machado, vice-presidente de futebol celeste, Felipão alegou que está indo para o exterior e não podia assinar contrato no momento.

Dorival Júnior foi outro nome procurado pela cúpula cruzeirense. Também sondado antes da contratação de Ceni, ele informou aos dirigentes que vai passar por um procedimento cirúrgico nos próximos dias e por isso não estava à disposição.

A chegada de Abelão em Belo Horizonte está prevista para o sábado (28), quando ele já deve comandar seu primeiro treino na Toca e ser apresentado oficialmente. A estreia de Abel no Cruzeiro pode acontecer na segunda-feira, dia 30 de setembro, no jogo contra o Goiás, em Goiânia.

Últimos trabalhos de Abel Braga

O trabalho mais recente de Abel Braga foi no Flamengo. Contratado em dezembro de 2018, ele comandou o rubro-negro nas conquistas da Florida Cup, Taça Rio e Campeonato Carioca. Mas apesar dos títulos, seu trabalho foi bastante contestado.

Na visão dos críticos, ele não estava conseguindo fazer a equipe render, mesmo com diversas estrelas à disposição, e diante da pressão acabou se demitindo, em maio. Para o seu lugar foi contratado o português Jorge Jesus.

Antes disso, ele treinou o Fluminense, durante as temporadas 2017 e 2018 (até a metade do ano), e passou também pelo Al-Jazira, dos Emirados Árabes Unidos, entre os anos de 2015 e 2016.

Seu trabalho de maior sucesso foi no Internacional, em 2006, onde levou o Colorado a conquistar a sua primeira Copa Libertadores e ao cobiçado título Mundial de Clubes, derrotando o Barcelona na final, no Japão.

Passagem pelo Cruzeiro como jogador

Apesar de nunca ter treinado o time azul, o novo comandante já tem história com as cinco estrelas. É que Abel Braga foi jogador do Cruzeiro, tendo atuado pela equipe de BH entre os anos de 1981 e 1982. E o detalhe é que, naquela época, ele ajudou a salvar a Raposa do rebaixamento, missão semelhante à atual.

Em um jogo contra a Desportiva (Espírito Santo), no Mineirão, válido pela repescagem do Campeonato Brasileiro daquela temporada, o zagueiro Abel marcou o gol da vitória celeste (1 a 0). O triunfo foi fundamental para evitar o descenso da equipe para a Taça de Prata, equivalente à Série B da competição.

Será que ele vai conseguir o mesmo em 2019?

Desafios que Abelão terá na Toca da Raposa

Agora que Abel Braga é o novo técnico do Cruzeiro vai encarar um time com apenas 19 pontos em 21 jogos, na 17ª posição, abrindo a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Dessa forma, o primeiro desafio de Abel será melhorar o desempenho da equipe e tirá-la do Z4, mesmo tendo pouco tempo para trabalhar.

Para tanto, ele vai precisar unir o vestiário novamente e evitar problemas semelhantes aos que motivaram a saída de Rogério Ceni. De estilo diferente ao do ex-treinador celeste, ele pode se dar bem neste quesito, principalmente por já ter trabalhado com alguns dos atletas, e ter um relacionamento melhor com a diretoria, o que também não acontecia com Ceni.

Abel Braga é o novo técnico do Cruzeiro
Imagem Pedro Chaves / Lightpress / Cruzeiro

Além disso, o Cruzeiro passa por dificuldades financeiras, resultando em salários atrasados, algo que acaba influenciando no desempenho dos jogadores e com o qual ele precisará lidar. Outro problema é a insatisfação da torcida com a diretoria e alguns nomes do elenco.

Ou seja, a tarefa não será fácil, diante de tantos problemas dentro e fora de campo, mas se ele conseguir, certamente terá uma enorme gratidão por parte dos cruzeirenses.

Se precisar viajar para acompanhar o Cruzeiro pelo Brasil, veja nossas dicas no ajanelalaranja.com

André Dias para o Futeblog

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo